Cadastramento do trabalhador privado para receber benefícios

Cadastramento do trabalhador privado para receber benefícios

O cadastramento deve ser feito em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, para os trabalhadores do setor privado, e no Banco do Brasil, para servidores e funcionários públicos. Depois de feito o seu cadastramento, a Caixa Econômica envia ao empregador um cartão com o número do PIS 2019, que deve ser entregue ao trabalhador.

É importante manter o cartão do PIS, uma vez que, sem o cadastro, o trabalhador não pode receber benefícios, como o FGTS, o Seguro Desemprego e o Abono Salarial.

Caso o trabalhador tenha perdido o cartão do PIS, ele deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal para solicitar na própria agência a segunda via cartão do PIS, apresentando sua Carteira de Trabalho ou Carteira de Identidade.

Se ainda não foi cadastrado, deve procurar a empresa onde trabalha ou onde trabalhou a primeira vez para que o cadastramento seja providenciado.

Valor do PIS

O pagamento do abono salarial está seguindo novas regras, implantadas pela medida provisória 665, a partir deste ano. As novas regras estabelecidas pelo governo federal associam o valor do PIS ao número de meses trabalhados durante o ano anterior.

Apenas o trabalhador que trabalhou durante o ano base de 2018 completo é que tem direito a um salário mínimo.

Os valores são calculados com base no salário mínimo vigente para o ano de 2018, no valor de R$937,00, correspondendo seus percentuais aos dias de trabalho conforme o Calendário PIS 2019 fornecida pela Caixa Econômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019 Color Plus City