Cadastramento do trabalhador privado para receber benefícios

Cadastramento do trabalhador privado para receber benefícios

O cadastramento deve ser feito em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, para os trabalhadores do setor privado, e no Banco do Brasil, para servidores e funcionários públicos. Depois de feito o seu cadastramento, a Caixa Econômica envia ao empregador um cartão com o número do PIS 2019, que deve ser entregue ao trabalhador.

É importante manter o cartão do PIS, uma vez que, sem o cadastro, o trabalhador não pode receber benefícios, como o FGTS, o Seguro Desemprego e o Abono Salarial.

Caso o trabalhador tenha perdido o cartão do PIS, ele deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal para solicitar na própria agência a segunda via cartão do PIS, apresentando sua Carteira de Trabalho ou Carteira de Identidade.

Se ainda não foi cadastrado, deve procurar a empresa onde trabalha ou onde trabalhou a primeira vez para que o cadastramento seja providenciado.

Valor do PIS

O pagamento do abono salarial está seguindo novas regras, implantadas pela medida provisória 665, a partir deste ano. As novas regras estabelecidas pelo governo federal associam o valor do PIS ao número de meses trabalhados durante o ano anterior.

Apenas o trabalhador que trabalhou durante o ano base de 2018 completo é que tem direito a um salário mínimo.

Os valores são calculados com base no salário mínimo vigente para o ano de 2018, no valor de R$937,00, correspondendo seus percentuais aos dias de trabalho conforme o Calendário PIS 2019 fornecida pela Caixa Econômica.

Redução de alíquota de impostos é adiada para o próximo ano

Redução de alíquota de impostos é adiada para o próximo ano

No estado de Minas Gerais, desde 2004, calcula-se o IPVA aplicando-se sobre a base de cálculo as seguintes alíquotas:

  • 4,0%Automóveis, veículos de uso misto e utilitários.
  • 3,0%Caminhonetes de carga e furgão.
  • 2,0%Automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público comprovada mediante registro no órgão de trânsito na categoria aluguel.
  • 2,0%Motocicletas e similares.
  • 1,0%Veículos de locadoras.
  • 1,0%Ônibus, micro-ônibus, caminhão, caminhão trator.

O IPVA MG 2019 poderá ser parcelado em até 3 parcelas mensais sucessivas, de acordo com o calendário de pagamento. O parcelamento do IPVA pode ser feito a qualquer momento, mesmo que o usuário tenha deixado passar a data da primeira parcela, ainda terá direito ao parcelamento.

Para ter acesso ao calendário de vencimentos do IPVA Minas Gerais, basta acessar o endereço a abaixo:

www.detran.mg.gov.br.

O cálculo funciona a partir da situação do veículo, para veículo novo, a base de cálculo do IPVA 2019 MG é o preço total que consta no respectivo documento fiscal de venda. Nesse caso, se o veículo é de procedência estrangeira, a base de cálculo é o preço que consta no documento de desembaraço aduaneiro, acrescido dos demais tributos e encargos, ainda que não recolhidos pelo importador, nessa situação muitos proprietários são pegos de surpresa por não obterem essa informação antecipada.

Não deixe também de conferir o imposto em outros estados, como o IPVA 2019 PR.

Já para o veículo usado, a base de cálculo do IPVA MG 2019 é o preço médio praticado no mercado, no final do exercício anterior ao da cobrança, divulgado pela Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais. O cálculo foi reduzido referente a veículos movidos à álcool em 30%.

Agora que você já sabe como é feito o cálculo IPVA, fique por dentro do que está sendo cobrado no seu imposto. Boa Sorte!

Informações sobre a vistoria do Detran

Informações sobre a vistoria do Detran

Antes da primeira utilização do seu veículo 0 km é fundamental realizar a vistoria do DETRAN SP para regularizar a circulação do seu veículo.

Existem diversas fatores que serão observados nesta vistoria para autenticar toda a documentação correspondente e obrigatória.

Não é possível apenas comprar um veículo e já sair rodando pela sua cidade com ele. É preciso regularizar a sua situação perante o DETRAN que é o órgão responsável pela situação de cada veículo de das melhores condições do trânsito nacional.

Sendo assim algumas burocracias obrigatórias devem ser realizadas antes mesmo de colocar o seu carro para andar. Isso se dá a uma série de fatores importantes que devem ser constatados em um veículo 0 km.

Estes fatores estão relacionados à sua nova documentação e as sua situação de uso nas conformidades com a legislação.

Todo veículo deve obrigatoriamente realizar a vistoria do DETRAN para ter a sua situação regularizada e assim por circular livremente. Esta verificação deve ser realizada ainda antes da sua primeira utilização.

O serviço deve ser agendado e alguns itens são importantes neste dia. Continue lendo e saiba mais.

DETRAN SP – Agendar Vistoria

A vistoria do DETRAN SP não é tão simples como se imagina, pois é preciso verificar várias funcionalidades e requisitos obrigatórios de um determinado veículo. Tudo isso além da documentação necessária que será criada naquele momento.

Assim como no estado do São Paulo, a vistoria veicular é algo obrigatório também no estado Rio de Janeiro sendo necessário para liberação de documento imprescindíveis ao veiculo, como por exemplo o licenciamento 2019 rj e também a renoção do seguro dpvat do mesmo.

A vistoria veicular é responsável por determinar se o produto foi realmente fabricado dentro das conformidades de segurança exigidas pelos órgãos responsáveis e competentes.

Assim se torna fundamental para manter as condições de funcionamento e segurança do veículo. Também são levadas em conta as possíveis alterações da estrutura do veículo.

Não são permitidas alterações que comprometam o desempenho ou a funcionalidade de operação do veículo. Algumas alterações são permitidas pelo DETRAN, entretanto são de cunho visual e acessório simples.

O veículo deve ser aprovado em todos os quesitos para ter a sua documentação de licenciamento 2019 SP aprovada e liberada. Apenas com este documento será possível ter a circulação normal com este novo veículo.

Como realizar a vistoria do DETRAN SP

Para realizar esta etapa fundamental na vida útil do seu veículo é preciso agendar o seu atendimento com o DETRAN do seu estado. Isso pode ser realizado através do site do DETRAN ou mesmo através de um despachante autorizado para este tipo de serviço.

O sistema reservará uma data e local para a apresentação do seu veículo e também lhe enviará uma guia provisória de circulação com este determinado veículo.

Como o veículo ainda não possui placas ou documentação não pode circular pela cidade sem esta guia de apresentação sob o risco de apreensão.

Então vá direto ao ponto e leve o seu veículo para o local designado para que sejam realizados todos os procedimentos necessários.

No dia e local designado toda a análise veicular será realizada e o seu veículo já sai emplacado e com a documentação original e definitiva para a sua circulação normal. Assim a sua volta para casa é tranquila e sem maiores problemas.

É preciso levar em conta que as placas são compradas pelo solicitante e já devem estar pagas para serem fixadas em seu veículo no momento da análise das condições veicular.

Não deixe de realizar a vistoria do DETRAN em seu veículo novo para não ficar fora dos parâmetros da legislação brasileira de trânsito e ter maiores transtornos no futuro.

Todo este procedimento da vistoria do DETRAN além de obrigatório é para o seu próprio beneficio, pois nele é possível ter certeza de que o fabricante seguiu a risca as especificações necessárias na produção do seu veículo e documentos como o licenciamento 2019 do seu veículo, será liberado para que esse mesmo possa circular na rua.

Compartilhe com seus amigos para todos ficarem por dentro das normas do DETRAN.

IPVA do próximo ano terá desconto de 3% na cota única

IPVA do próximo ano terá desconto de 3% na cota única

Para quem tem que arcar com o IPVA 2019 São Paulo, saiba que o valor desse imposto é variável conforme o valor de venda de cada veículo, de acordo com a tabela FIPE. Assim, quanto mais caro for o seu veículo, maior será o seu IPVA.

Isso faz com que haja uma cobrança mais equilibrada desse imposto. Além disso, as alíquotas do imposto também variam de acordo com a categoria do veículo. Confira abaixo como fazer o cálculo do Imposto no estado:

Alíquotas IPVA 2019 São Paulo

  • 0,5% – Para veículos destinados exclusivamente à locação, de propriedade de pessoa jurídica com atividade de locação devidamente comprovada nos termos da legislação aplicável, ou na sua posse em virtude de contrato formal de arrendamento mercantil ou propriedade fiduciária;
  • 1% – Para caminhões, caminhões-tratores e veículos de transportes de passageiros a taxímetro pertencentes a pessoas jurídicas, e veículos que utilizem gás natural ou energia elétrica;
  • 2% – Para ônibus, micro-ônibus, motocicletas, ciclomotores e automóveis movidos a álcool;
  • 3% – Para automóveis de passeio e camionetas bicombustíveis, movidos a álcool e/ou gasolina, e utilitários;
  • 4% – Para automóveis de passeio e camionetas (exceto utilitários), os automóveis bicombustíveis, veículos de procedência estrangeira e todos os demais não mencionados acima.

É importante dizer que o pagamento do imposto de forma a vista, garante um desconto de até 10% em cima do valor do IPVA 2019 SP. Dessa forma, caso você consiga se planejar para realizar essa quitação de uma só vez, vai garantir uma bela economia.

É importante também realizar o pagamento de todos impostos em dia, além do IPVA. O Seguro DPVAT SP é de extrema importância, pois através do mesmo vítimas de acidentes de trânsito tem direito a indenização.

Outro fator importante sobre o IPVA 2019 SP é que os veículos com mais de 10 anos de fabricação, estão isentos do pagamento desse tributo e podem andar por todo o São Paulo sem nenhum problema.

Consulta IPVA

Para saber o quanto você vai pagar em cima desse tributo, o melhor a se fazer é entrar no site oficial do Detran do São Paulo, através dos passos abaixo:

  • Abra a página do Detran SP;
  • Clique no link “IPVA – Orientações”;
  • Você será então levado ao site da Secretaria da Fazenda do São Paulo;
  • Clique em IPVA;
  • Clique no primeiro link: “Emissão de guia de pagamento IPVA”
  • Marque a opção “GRD – IPVA”;
  • Clique em Continuar;
  • Digite o número do RENAVAM e o código da imagem, e em “Continuar”;
  • Digite a placa do veículo;
  • Imprima a guia de pagamento.

Dessa forma, o próprio sistema já localiza qual o seu veículo e informa, além do valor, qual a data de vencimento do seu IPVA, já que ela varia de acordo com o último número da placa do veículo.

Além disso, você já pode aproveitar para imprimir a guia de pagamento IPVA 2019 São Paulo, para quitar o seu débito e ficar em dia com os tributos do seu veículo. Após o pagamento do IPVA e do DPVAT, o condutor estará apto a receber o licenciamento 2019 de seu veículo.

10 recursos do seu navegador que você ainda não conhecia

10 recursos do seu navegador que você ainda não conhecia

A tecnologia que vemos hoje em dia nos navegadores evoluíram muito nos últimos anos. Agora que a era do Internet Explorer 6 acabou, os navegadores (Chrome, Firefox, Opera, etc.) estão implementando cada mais recursos, criando uma experiência muito melhor na internet.

Aqui estão alguns desses novos recursos que já são encontrados em páginas reais, hoje. Certamente alguns de vocês já ouviram falar em muito deles, mas a maioria ainda não conhece todos!

10 recursos do seu navegador que você ainda não conhecia
10 recursos do seu navegador que você ainda não conhecia

Enviar arquivos com Drag and Drop

Muitos sites agora permitem fazer upload de arquivos apenas arrastando e soltando-os na janela do seu navegador – uma mudança bem-vinda, que nos preza de ter que clicar em um botão “procurar” e usar um seletor de arquivos, como se tinha a alguns anos atrás. Você pode anexar um arquivo a um e-mail no Gmail ou postar uma imagem no Facebook de uma forma mais prática, apenas arrastando o arquivo e soltando na página.

Renderizar gráficos 3D

Navegadores como Chrome e Firefox agora suportam WebGL, que permite que as páginas da web renderizem gráficos 3D sem o auxílio de plugins. O WebGL pode ser usado para jogos e outros modelos em 3D, o site mais popular usando o WebGL é provavelmente o Google Maps. No Google Maps no Chrome, você pode ativar “MapsGL.” Isso fará com que o o aplicativo execute o mapa com OpenGL, resultando em animações suaves. Quando você usar o Street View, você verá uma animação como o zoom, que também é processada com a mesma tecnologia, sem o Adobe Flash.

Se o Google Maps não for impressionante o suficiente, o motor de Quake 3 foi adaptado para trabalhar em WebGL no seu browser. Este site também usa o bloqueio de ponteiro (ou bloqueio de mouse), mantendo-o na área do jogo

Comunicação via WebSockets

O HTML nunca foi projetado para permitir que as páginas da internet se comunicassem com os servidores. O HTML foi criado para páginas estáticas, e a maioria das páginas atualmente usam métodos baseados em se comunicar com os servidores. O WebSockets permite que as páginas da web de criem um canal de comunicação plena através de uma conexão TCP, reduzindo a latência e o tráfego da rede quando as páginas precisam enviar dados para os servidores.

Reproduzir vídeos e musicas sem flash

O HTML5 vem atraindo muita atenção nos últimos tempos, por isso muitas pessoas já sabem que agora é possível reproduzir vídeos em H.264 (MP4), WebM, e formatos Ogg Theora sem a necessidade do Flash instalado. Muitos sites de vídeos – incluindo YouTube – já utilizam da tecnologia. Infelizmente, muitos sites insistem que eles precisam de uma DRM, que é o motivo do YouTube flash em suas propagadas e do Netflix ainda usar o Silverlight para os seus vídeos. O uso do HTML5 pode se parecer apenas como um player de vídeo em Flash normal,  – exceto pela qualidade de reprodução, que irá funcionar em dispositivos móveis e terá um melhor desempenho.

Executar aplicativos offline

Navegadores permitem agora que aplicações web trabalhem offline, oferecendo-lhes um armazenamento de banco de dados local. Muitos aplicativos off-line do Google (incluindo o Gmail, Docs e Calendar) só funcionam no Chrome, mas o Kindle da Amazon tem o Cloud Reader, que pode ser usado offline em outros navegadores como o Firefox, também. Kindle Cloud Reader permite que você baixe eBooks e leia-os off-line em seu navegador depois, mesmo que você não tenha uma conexão com a Internet.

Conferencias de vídeo e áudio

Páginas da Web agora podem acessar sua webcam – com sua permissão, é claro. Uma página pode usar esse recurso para tirar fotos de sua webcam e coloca-las em seu perfil ou gravar um vídeo aleatório. No entanto, ele também pode usar a nova API WebRTC, para vídeo-conferências entre navegadores diferentes, sem instalar qualquer plugin. No futuro,  os Hangouts do Google não irão exigir plugins para nada e o Skype será executado em seu navegador, também.

Criar pop-ups de notificações

Navegadores que as páginas mostrem notificações diretamente no seu desktop. Por exemplo, o Google Calendar pode mostrar notificações pop-up de seus lembretes para seus eventos. Bate-papo e sites de e-mail podem exibir pop-ups para alertá-lo de novas mensagens.

Identificar sua localização

Páginas da Web agora também podem pedir permissão para acessar a sua localização atual. Se você estiver usando um tablet ou outro tipo de dispositivo com um chip de GPS integrado, o navegador irá utilizar o seu hardware para identificar a sua localização. A geolocalização pode substituir a necessidade de digitar o seu endereço em sites que exibem conteúdo local e permitir que você para determinar a sua localização exata.

Tornar Web Apps em aplicativos padrão

Agora é possível tornar os aplicativos da web em aplicativos padrão, para que você possa usar o Gmail  para enviar e-mails quando você clica em um link mailto: em qualquer lugar em seu computador – mesmo fora do seu navegador.

Executar códigos nativos

O Native Client do Google permite que as páginas da web para executem um código de alto desempenho em plicações como motores de jogo e codificações de vídeo local. Ele poderia ser o caminho para a obtenção de aplicações mais avançados no Chrome OS. A Chrome Web Store contém uma variedade de jogos escritos em Native Client.

Quais tecnologias você já conhecia? Tem algo para acrescentar? Deixe um comentário logo abaixo!

© 2019 Color Plus City